A Colônia perdida

Os Mistérios do Triângulo das Bermudas
outubro 19, 2021
REVISTA MYSTÉRIO RETRÔ 8
dezembro 27, 2021
Show all

Roanoke

A primeira tentativa de colonização britânica na América do Norte ocorreu entre os anos de 1584 a 1587 na Ilha de Roanoke, a 160 quilômetros de Jamestown, Carolina do Norte, porém três anos após a imigração dos colonos, um mistério aconteceu. Todos desapareceram sem deixar vestígios. Até hoje teorias de conspiração, envolvendo o sobrenatural inclusive, são debatidas entre os fãs de mistérios.

Entre os anos de 1584 e 1587 houve algumas expedições pela Ilha de Roanoke, no qual em uma delas os colonos entraram em conflito com os nativos, assassinando um chefe indígena chamado Wingina. Parece que os britânicos acabaram sendo expulsos pelos nativos. Quinze deles ficaram na Ilha para proteger o acampamento.

Imagem tirada do google

Então em 1587, uma expedição liderada por Walter Raleigh, tendo em sua maioria famílias inteiras de londrinos, com mulheres e crianças, se estabeleceu na ilha com a intenção de ali permanecer. Infelizmente não foi bem o aconteceu. Todos os 117 (em algumas pesquisas eu encontrei 115) colonos sumiram, sem deixar rastros.

Mas o que aconteceu com essas pessoas?

Até hoje é um mistério.

John White, que havia estado na ilha em expedições anteriores, foi nomeado governador de Roanoke. Um mês após desembarcar ele viajou para Inglaterra com a intenção de buscar provisões e por conta da Guerra Anglo-Espanhola só conseguiu voltar três anos depois. O que ele achou foi uma aldeia abandonada. Parecia que eles haviam saído correndo de lá, vários objetos estavam espalhados pelo local.

Aqui entra um outro mistério. Por que White viajou deixando toda sua família? Inclusive a neta Virgínia Dare (primeira inglesa nascida em solo americana que se tem registro), a filha Eleanor White Dare, a esposa e o genro?

Alguns historiadores acham que durante a viagem eles foram atacados por navios espanhóis e que o barco com as provisões deles naufragou. Outros, no entanto acham que eles calcularam errado a quantidade de provisões.

A única pistas que eles encontraram na vila foi a sílaba CRO gravado em uma arvore e a palavra CROATOAN, esculpida em uma madeira.

As hipóteses do que aconteceu com os colonos são várias:

Ataques por espanhóis;

No desespero de não ter como sobreviver eles tentaram voltar para a Inglaterra, mas se perderam no mar;

Suicídio coletivo;

Os colonos podem ter ficado doentes e entrado floresta a dentro se dividindo em grupos menores e desaparecido;

Eles podem ter entrado em conflito com os nativos, levando em conto que havia uma inimizade entre ingleses e indígenas, e com isso terem sido massacrados, raptados ou fugido para Croatoan;

A mais plausível de todas é a que por alguma dificuldade, sendo ataque de nativos, clima, fome ou doença, eles tenham fugido para a ilha de Croatoan, pois ali os nativos eram amigáveis com os ingleses. White havia inclusive combinado com os colonos que se eles precisassem sair dali que deixassem uma pista para do local. Assim foram assimilados pelos nativos.

White nunca pode ter a certeza disso, pois as dificuldades impediram que uma expedição fosse mandada para lá e os colonos foram deixados à própria sorte.

Também há uma teoria mais recente de que os colonos foram para a Carolina do Sul, ali existia um Forte, mas não há nada que leve a considerar essa hipótese.

Em 1937um turista encontrou na região de Roanoke uma pedra com uma mensagem que dizia que Ananias Dare e Virgínia tinham ido para o Céu em 1590 e do outro lado menção aos colonos que haviam fugido porque estavam sendo atacados. A pedra estava assinada por EWD, o que levou os historiadores a acharem que se tratava de Eleanor White Dare.

A autenticidade da pedra só foi confirmada em 2016 com testes feitos pelo geologista Ed Schrader.

Hoje em dia ocorre algumas expedições pelos lugares que os colonos provavelmente passaram, e objetos ingleses daquela época foram encontrados, mas como não podem ser datados a incerteza fica.

Agora vamos a parte gostosa de tudo isso. O SOBRENATURAL

Particularmente eu gosto de criar hipóteses absurdas sobre o que pode ter acontecido com os ingleses em Roanoke.

Uma delas é que de certa forma eles atravessam algum portal para outra dimensão e por isso não há sinal deles. (isso é o que eu Debby Lenon acho);

Outra é que todos ali foram abduzidos por seres interplanetários.

Também a hipótese de a colônia ter sido vítima de bruxas;

E a mais louca de todas, um vírus zumbi fez com que toda a comunidade perecesse, mas como eles estavam em uma Ilha, não puderam transmitir o vírus para mais ninguém então o contágio acabou;

Algumas séries de tevê usaram o mistério de Roanoke como fundo para suas histórias, entre elas Haven, American Horror Story e Supernatural.

Na literatura a dois livros que falam da colônia perdida: Dare (Philip José Farmer, 1965) e Virginia, (Henrik Moller, 2005)

No cinema a menção do caso nos filmes, Mistério da Rua sete, Tempestade do século e Caçadores de Mentes.

Falamos sobre o assunto em uma live bem divertida para assistir clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.